como_melhorar_a_atenção_e_concentração

Atividades de concentração e atenção

Todos possuem as suas particularidades, ou seja, cada um tem a sua característica que se torna um destaque, e nem sempre isso positivo, como a falta de atenção, principalmente. Por isso, existem métodos que foram criados com a finalidade de melhorar essa situação, como atividades de concentração e atenção.

A capacidade de concentração é embalada em graus variados. A boa notícia: todos nós podemos treinar nossa capacidade de concentração. A coisa ruim: isso requer disciplina contínua.

A concentração é como um músculo que se cansa, dependendo da tensão. Observe atletas profissionais ou músicos profissionais e você tem uma boa idéia de como deve lidar com sua concentração: atletas e músicos geralmente não treinam intensamente por mais de quatro horas por dia e incorporam intervalos regulares e atividades de equilíbrio em seu plano de treinamento. 

Embora a prática em atividades de concentração e atenção é mais exercido por professores de crianças pequenas, pois os adultos se comportam de maneira diferente. Por exemplo, quando adultos passam por algum problema, geralmente, uma simples conversa sobre reverter esse cenário costuma ser o suficiente, e não é isso que acontece com as crianças.

Na infância, é necessário adotar alternativas que se façam presentes e efetivas para atingir assuntos específicos, como a falta de atenção e concentração. Dessa forma, percebemos o desenvolvimento da criança.

Vamos então analisar algumas atividades já utilizadas por alguns profissionais e até mesmo por pais dentro do ambiente de casa.

atividades_de_concentraçao_e_atenção

O que prejudica a falta de atividades de concentração e atenção?

Muitos são os fatores que costumam prejudicar a falta de atividades de concentração e atenção, e não tem como diagnosticar esse problema somente a partir de um texto, por isso é importante visitar um profissional de Psicologia, assim você possui uma certeza de como proceder.

O motivo pode ser algo facilmente resolvido, como ruídos ou sons que incomodem a criança, e esse tipo de coisa pode ser conversada com o pessoal da instituição. Mas isso sim é perceptível, você bem pode conversar com o seu filho ou o psicólogo irá descobrir a partir das consultas.

Por outro lado, a criança que não consegue se concentrar ou manter uma atenção na escola (ou em coisas rotineiras de casa mesmo), pode existir a possibilidade de seu filho ter um transtorno de déficit de atenção com hiperatividade, mais conhecido como TDAH. Nesse caso, o mais efetivo é procurar ajuda médica.

Se esse for o seu caso mesmo, também é interessante que você converse com os funcionários da escola, para tornar o ambiente mais acessível, e com os próximos familiares e amigos.

Quais as atividades para essa falta de concentração e atenção?

Vamos citar agora algumas atividades que podem ser efetivas no seu dia a dia, podendo ser exercidas pelos pais, professores ou psicólogo.

Atividades que estimulam o raciocínio: realizar exercícios que conseguem estimular o pensamento e memorização pode ser algo com pontos favoráveis a curto prazo, sendo positivo tanto para crianças ou adultos. Podemos citar como exemplo dessas atividades o quebra-cabeça ou jogos de cartas.

Exercícios com sequenciamento: qualquer pessoa precisa de muita concentração para montar uma sequência, mesmo que já esteja acostumado. Portanto, esse tipo de atividade pode ser realizado a partir de coisas simples, como a organização de uma mesa de refeição, com os devidos elementos (prato, talher etc.) nos lugares corretos.

Atividades que estimulam a atenção: não tem como prestar atenção nos detalhes sem se concentrar, portanto, esse já é um incentivo por si só, e a sua criatividade deve roubar a cena e deixar agir, com figuras ou brinquedos (se tratar de crianças).

Deixe um comentário

0
Pedidos