Como o psicólogo ajuda a evitar compras compulsivas

Para muitas pessoas, comprar uma bolsa de luxo, como uma bolsa Chanel, não é uma compra incomum: geralmente não comum quanto comprar uma blusa na Marisa ou C&A.

Embora o apelo de artigos de luxo seja um desejo de muitos pelo status – o couro é macio, o logotipo é chamativo – no entanto, o preço pode ser desanimador. A não ser que você tenha hábitos de poupança pessoal fantásticos, comprar itens de luxo pode te deixar endividado sem necessidade e/ou com um saldo no cartão de crédito que não seja tão fácil de pagar.

Principais motivos

Muitos consumidores que costumam adquirir bens de luxo não estão em uma posição financeira para poder comprar tais produtos. Uma maneira de explicar isso é que muitos consumidores não agem racionalmente ou de uma maneira que seja do melhor interesse financeiro deles e acabam solicitando ajuda de um psicólogo.

Como algumas pessoas percebem que os bens não luxuosos são inferiores simplesmente por não serem luxuosos, eles também chegam à conclusão de que bens com preços mais altos são consequentemente de melhor qualidade (ao contrário de qualquer evidência sobre seu nível real de qualidade ou durabilidade).

Para alguns consumidores, um item de luxo pode contribuir bastante para aumentar a autoestima ou proporcionar um sentimento de pertencimento. Além disso, um sentimento de autorrealização é também uma forte razão pela qual algumas pessoas compram produtos de luxo.

Alguns consumidores não agem racionalmente

Os consumidores não se comportam racionalmente o tempo todo. Uma pessoa perfeitamente racional sempre agiria de acordo com a razão ou lógica; em outras palavras, uma pessoa perfeitamente racional sempre atuaria no seu melhor interesse (inclusive no seu melhor interesse financeiro).

No entanto, numerosos estudos modernos de psicologia comportamental revelaram que os humanos nem sempre agem racionalmente. E muitos consumidores que compram produtos de luxo não estão em uma posição financeira para poder comprar produtos de luxo. A prova disso pode estar nas altas taxas de dívida do consumidor que muitos brasileiros têm; dependendo de como você o vê, esse fenômeno pode ser uma evidência de que muitos americanos nem sempre agem no seu melhor interesse financeiro.

Enquanto uma bolsa durável de alta qualidade pode custar cerca de R$300,00, algumas pessoas optam por gastar, sem exitar, milhares de reais em uma bolsa Chanel, uma bolsa de luxo que exibe certo status, que desempenha a mesma função e tem a mesma qualidade relativa.

Os produtos com preços mais altos são realmente de maior qualidade?

Uma explicação possível para isso é a tendência humana de enfatizar demais os elementos positivos de um produto e ignorar suas desvantagens. Como algumas pessoas percebem que os bens não luxuosos são inferiores simplesmente por não serem luxuosos (e não com base em suas características ou qualidades), eles também chegam à conclusão irracional de que bens com preços mais altos são de melhor qualidade. 

Ao contrário da evidência, eles podem acreditar que você recebe o que paga, independentemente de os produtos serem realmente melhores do que seus equivalentes mais acessíveis.

A autoestima pode afetar as compras de uma pessoa

Em alguns casos, a baixa auto-estima pode ser um fator que influencia se um consumidor compra ou não bens de luxo, especialmente se eles não podem arcar facilmente com o custo de itens de luxo. Para alguns consumidores, um bem de luxo pode contribuir bastante para aumentar a auto-estima ou proporcionar um sentimento de pertencimento.

Com o aumento das compras on-line, um cachecol de US $ 500 fica a apenas um clique de distância. Para algumas pessoas, artigos de luxo são a melhor terapia de varejo; felizmente para as marcas de luxo, como a Chanel, a Internet as tornou facilmente acessíveis para compras por impulso.

Um sentimento de realização é outra razão pela qual algumas pessoas compram produtos de luxo. Eles querem se recompensar por seu trabalho duro, tratando-se de algo que normalmente não podiam pagar.

Deixe um comentário

0
Pedidos