Problemas Familiares

Problemas familiares são sempre muito comuns, considerando que todas as dificuldades são vividas constantemente pelas pessoas, e normalmente a família é o centro desses acontecimentos, o que pode trazer alguns pontos a serem observados.

Acontece que mesmo os problemas familiares sendo algo comum, eles podem trazer sérias consequências.

Assim vou falar mais sobre problemas familiares e de que forma eles afetam algumas pessoas, com indicações para tratamentos e prevenções.

O que problemas familiares podem causar

Problemas familiares podem gerar algumas consequências a nossa saúde mental, por isso ficar atento é fundamental para conseguir evitar muitos dos problemas, principalmente os mais graves.

Acontece que poucas pessoas conseguem ligar que a qualidade das nossas relações com nos parentes podem gerar doenças ou agravá-as, o que leva a pessoa muitas as vezes buscar cuidados por um motivo, como estresse ou depressão, mas durante a terapia começa a ficar claro que a fonte dos problemas é a sua relação com a família.

A seguir vou trazer quais as doenças que são causadas pelos problemas familiares, e geralmente são as mais observadas, e também são as que causam ainda mais preocupação em termos clínicos.

Ansiedade

A ansiedade tem crescido muito por conta de comportamentos que um ambiente não saudável gera. Muitas vezes, o ambiente é tão estressante que a menta já cria uma pré disposição para se “armar” porque a qualquer momento alguma coisa pode acontecer.

Com problemas familiares, a ansiedade passa a ser um tipo de reação, podendo ser um grande fator estressor, causando outros tantos malefícios para a saúde do indivíduo, o que certamente não é algo positivo.

Portanto a ansiedade é somente uma das respostas que o corpo possui frente a problemas familiares constantes, com o intuito de deixar a pessoa sempre em alerta e pronta para momentos mais críticos.

Depressão

Outro problema bastante comum causado pelos problemas familiares é a depressão, que pode ser desencadeado por uma decepção muito grande e quando acontece com pessoas que gostamos, a carga emocional é maior.

O fato do ambiente familiar ser frustrante, impede que a pessoa vivencie sentimentos positivos e a falta deles se torna um padrão. Como fica a vida de uma pessoa, que no lugar onde devia receber amor e carinho, isso não acontece?

Assim, é muito importante ficar atento ficar atento como nos relacionamos com quem gostamos, porque um situação constante de tristeza e indiferença não é saudável para ninguém.

Síndrome do pânico

Por fim, uma das transtornos que são decorrentes de problemas familiares é a possibilidade de desenvolver a síndrome do pânico, o que é um tipo de reação muito comum, e que já foi muito além de uma simples sensação de ansiedade.

A diferença básica em relação a ansiedade é que ela impede até que a pessoa possa realizar algumas atividades que antes eram normais na sua rotina, com o surgimento de sentimentos negativos, suor e aumento do batimento cardíaco.

O fator familiar pode favorecer a sua ocorrência e até mesmo agravar o quadro, assim como abordado no tópico da depressão, é importante ficar atento como é a nossa relação com os familiares.

Quais as opções para evitar

Alguns problemas familiares não são totalmente evitáveis, por isso é impossível dizer que o melhor é parar com discussões ou mesmo com certos assuntos, mas é possível se pensar de como fazer diferente.

O ideal é que tais conflitos sejam resolvidos de maneira mais tranquila, com cabeça mais fria, para que se evite uma palavra fora do que você pensou e isso possa gerar um tipo de comportamento reativo, que não irá prejudicar a conversa.

Partindo desse tipo de panorama, você pode também avaliar como consegue obter o tipo de cuidado nesse sentido, preservando a saúde e principalmente todo o contexto familiar, que quanto mais saudável, todos viverão melhores.

Dicas para quem já convive com tais problemas

Uma dica que pode ajudar é quando ocorre essas discussões você dizer como se sente e falar sobre os seus sentimentos quando a pessoa te machuca. Isso faz com que a pessoa perceba como as atitudes dela afetam você, isso faz com que a pessoa possa refletir sobre as atitudes dela.

Outra dica, é se colocar no lugar do outro e tentar compreender o porquê ele fez o que fez, assim você conseguirá perceber as motivações dele e naturalmente poderá compreender a partir de outro ponto de vista o que aconteceu. Isso não quer dizer que você irá abrir mão da sua opinião, mas você terá clareza sobre o que aconteceu.

No momento que estamos nervosos, é difícil conseguir seguir essas dicas, mas se possível faça assim que se acalmar. Isso poderá a criar relações mais saudáveis.

problemas familiares

Cuidados que se deve ter no dia a dia

Caso você possua um familiar que apesar de tentar conversar não há melhora ou mudança na maneira como se relaciona e que muitas as vezes não podemos nos afastar, considere buscar o apoio adequado, como uma terapia, ao menos para você.

Esses tratamentos são importantes para trazer uma rotina saudável rotina e um ambiente familiar mais saudável.

Lembre-se, que discussões familiares são comuns, mas que um ambiente de constante conflito favorece o adoecimento. Assim, cuide de você e faça a sua parte para criar melhores relações.

A Uol tem um artigo interessantíssimo sobre como os conflitos familiares podem afetar os filhos, caso interesse segue o link do artigo, é só clicar. Como conflitos entre pai e mãe influenciam os filhos.

Veja também os benefícios de fazer terapia online com um psicólogo, clique aqui.

0
Pedidos