quem-deve-ir-ao-psicologo

QUEM DEVE IR AO PSICÓLOGO?

De fato, nem todas as coisas que nos causam algum tipo de ‘problema emocional’ precisam ser cuidadas por um psicólogo, afinal passamos por diversos tipos de situações e sentimentos que fazem parte da vida e muitas vezes lidamos com eles de forma satisfatória tendo como base nossa capacidade de enfrentamento das situações. 

No entanto é fundamental entendermos que saúde mental e sofrimento mental não é brincadeira, não é algo que se resolve em uma conversa ou um desabafo com um amigo. O cuidado proporcionado por um psicólogo é totalmente diferente de um desabafo entre amigos na mesa de bar, apesar de o desabafo e acolhimento dos amigos também serem essenciais. 

Confira também: Me sinto muito sozinho.

  • QUANDO BUSCAR UM PSICOLÓGO SE TORNA FUNDAMENTAL?

Um psicólogo se torna fundamental quando nossos sentimentos e/ou sofrimentos começam a se tornar permanentes e afetar nosso dia a dia, nos preocupando excessivamente. Também podemos observar a necessidade de um profissional quando buscamos aliviar algum sentimento, descontando-o em forma de hábito nocivo a saúde.

  • Dicas de perguntas que precisamos fazer e que podem sugerir a necessidade de um psicólogo:

– Não se reconhece mais ou não reconhece uma parte de si?

– Você tem sentimentos de tristeza que não sabe explicar?

– Você tem sentimentos de angústia que não passa?

– Está com crise no relacionamento?

– Está em crise na carreira: não está feliz com a profissão e quer mudar de área?

– Você está infeliz ou simplesmente quer ajuda para repensar a vida de várias formas?

– Você não consegue mais trabalhar direito?

– Você está sempre triste e não tem animo para fazer coisas que antes te davam muito prazer?

– Você não consegue se relacionar com as pessoas ou tem dificuldade em se relacionar com as pessoas?

– Você tem dificuldade de falar ou estar em lugares com muitas pessoas?

– Você não consegue superar uma perda, mesmo já passando muito tempo desde o ocorrido?

– Você perdeu o sentido na vida?

– Você pensa em morrer?

– Você pensa ou já pensou em tirar a própria vida?

– Você constantemente é tomado por vontades ou atitudes violentas? 

– Você usa do álcool, drogas, comida ou qualquer outro consumo ou prática que seja nociva como forma de amenizar algum sofrimento?

– Você se machuca como forma de amenizar algum sofrimento?

– Você tem dificuldade em controlar seus sentimentos? 

– É muito impulsivo? Exemplo: compra muitas coisas sem necessidade

Essas são algumas das mais várias possibilidades que mostram a necessidade de procurar o auxílio de um psicólogo. Mas mesmo que você não se identifique com nada disso, o psicólogo pode te ajudar a rever e melhorar muitas coisas na sua vida, a psicoterapia é um processo de autoconhecimento. 

quem-deve-ir-ao-psicologo

  • PARA QUE SERVE A PSICOTERAPIA?

A terapia é um trabalho através do qual a gente se conhece melhor, ou seja, um trabalho de autoconhecimento.

 Através da terapia nós vamos entendendo ou buscando compreender todos os nossos sentimentos, como estamos agindo com outras pessoas, como estamos agindo com a gente mesmo e como agimos com o mundo. Entender o motivo de nossas escolhas e qual a explicação para que tenhamos uma certa personalidade. 

Então, basicamente, a função da terapia é fazer com que se conhecendo melhor, você possa realizar novas escolhas, se livrar de algumas amarras construídas durante a vida, ser mais livre para decidir de forma mais consciente. Isso só é possível por que a terapia busca trabalhar um mergulho mais profundo possível na sua vida, ou melhor, vários mergulhos profundos na sua vida para compreender todos os processos da sua vida e construir uma perspectiva de cuidado a partir do que você vai trazendo e o que ele ajuda você a enxergar, lá no fundo, e colocar à tona durante os encontros 

  • O QUE NÃO CABE AO PSICÓLOGO?

– O terapeuta não está ali para julgar você, dizendo o que está certo ou o que está errado;

– O terapeuta não deve tentar te converter a nada (religião, sexualidade…);

– O terapeuta não deve dizer “faça isso” ou “não faça aquilo”;

É importante reforçar isso pelo fato de que muitas pessoas acham que o terapeuta deve apresentar uma lista de coisas a fazer e não fazer, então tudo estará resolvido como um passe de mágica, deixando de considerar toda a complexidade dos sentimentos e da vida.

  • QUAL A FUNÇÃO DO PSICÓLOGO?

O trabalho do terapeuta é te auxiliar no processo de autoconhecimento, buscando achar melhores maneiras de te conhecer, ir mostrando você para você mesmo, quase que como se ele fosse um espelho. Com esse processo de autoconhecimento, descobrimento e redescobrimento você vai entendendo o que está sentindo, o que está vivendo e o que não está sentindo e não está vivendo;

Imagine o terapeuta como se ele fosse um detergente e a vida a louça suja. O detergente sozinho não vai criar vida e ir lavar sua louça. Mesmo que ele criasse vida, precisaria da ajuda de uma esponja. 

Mesmo com a ajuda da esponja existem maneiras diferentes de lavar cada coisa, os copos são de um jeito, as panelas de outro, as panelas com gordura de outro…e assim por diante. Não existe um único caminho, formato e sentimento. Então o terapeuta te auxilia nesse processo e quem decide como vai ter que lavar e a quantidade de detergente a usar é você durante o processo, você precisa sentir e entender. 

Durante os atendimentos, o paciente vai trazendo situações conflituosas ou não, sejam elas recentes ou uma história antiga que precisa ser repensada. Para o psicólogo é muito importante que esses sentimentos (recentes ou antigos) sejam trazidos à tona, pois é a partir deles que ele vai poder te auxiliar nesse processo de ‘lidar com as situações’ assim como vai poder analisar seu comportamento e personalidade, uma coisa não vai existir sem a outra. 

IMPORTANTE: Não existe um prazo para que a terapia comece a fazer efeito. Cada caso é um caso. Cada experiência é individual e os efeitos da terapia depende de todos esses fatores. Então não existe nem uma receita e nem um prazo. Porém é recomendado que a terapia se estenda por um tempo longo, para que exista a possibilidade de um vínculo e o trabalho de autoconhecimento seja desenvolvido com qualidade. 

Lembre-se, a vida é muito complexa, são muitos sentimento e desafios durante o seu desenrolar. Sempre tome um momento para olhar para a sua vida com carinho e atenção, existem momentos que é fundamental buscar apoio profissional e cuidar de nossa saúde mental, assim como você busca um médico quando tem uma infecção de garganta.

Deixe um comentário

0
    0
    Seus Pedidos
    Você não possui nenhum pedido.Encontre seu Psicólogo