Sexualidade

O tema sexualidade nos dias atuais é muito importante, apesar de em muitos meios ainda ser um tabu, é um assunto que vem ganhando cada vez mais espaço. Desta forma, refletir sobre como pensamos a sexualidade é fundamental para respeitarmos e conhecermos a nós mesmos e a aos outros.

Muitos tem dificuldade de falar sobre a própria sexualidade, apesar de ser algo completamente natural. Por este motivo é importante que você conheça o assunto, podendo até mesmo oferecer um suporte a quem precise desse espaço para conversar sobre.

Assim, vou trazer algumas informações sobre como trabalhar com tema sexualidade, de modo que você possa obter o máximo de benefícios e possa entrar mais fundo em algo que está ganhando mais projeção.

O que é sexualidade? Tudo o que você precisa saber.

Primeiramente trabalhar com sexualidade é entender que o tema é bastante amplo e abre espaço para muitos debates e até mesmo para discussões que são mais complexas e que envolvem questões individuais, sociais, biológicas e históricas.

sexualidade

Sexualidade diz respeito a todas as denominações existentes, e por isso é importante ter um pensamento mais abrangente, que esteja aberto para ir além da concepção tradicional de homem e mulher.

Portanto, é algo que demanda aceitar o ser humano na sua integralidade, um tipo de atitude mais aberta para se relacionar com você mesmo, com seu corpo e com os outros. Isto não quer dizer ser promiscuo, mas ser responsável consigo e com os seus sentimentos.

Existe idade específica para se trabalhar?

Uma dúvida que é bastante recorrente é se existe uma idade em que as pessoas podem aprender sobre sexualidade e tudo o que está relacionado a este tema.

Fato é que quando criança, mais fácil é ela aprender sobre o tema, já que não está rodeada de pré-julgamentos. Desta maneira, saber o momento certo para conversar e abordar o tema adequadamente pode preparar a pessoa desde cedo a compreender o outro e a si mesmo.

Como reconhecer a sexualidade?

A sexualidade é algo inato do ser humano, ou seja, é algo natural que já está presente desde o nascimento, portanto não é uma questão de escolha. Logo o termo “opção sexual” não é adequado, mas sim “orientação sexual”.

Desta forma, é importante que reflita de modo empático quando pensar nesse tema, se colocando no lugar do outro e a partir disso, olhando como você gostaria de ser tratado.

É um trabalho que pretende entender primeiro o que a pessoa pensa e principalmente de que forma a mesma se enxerga e pode avaliar um futuro possível a partir de sua realidade.

E quando me vejo diferente do outro?

Como abordado acima, quando tratamos de sexualidade, falar somente sobre opção ou escolha é algo que não está de acordo com a realidade. Desta forma, o respeito e a igualdade deve ser norteador em qualquer relação, seja para uma pessoa que tenha a mesma orientação ou não.

sexualidade

A questão é, como estabelecer uma relação que seja saudável com o outro? A partir disso, o convívio assume uma nova dinâmica e passa a ser construtivo para todos.

O que deve ser evitado

Como em qualquer tipo de relação, é não aceitar o outro como ele é, seja pela orientação, seja porque é tímido, extrovertido, porque gosta de verde ou porque prefere pizza ao invés de hambúrguer. A diversidade faz parte de toda a sociedade e quando tentamos imaginar que existe um padrão que define o ser humano é obvio que uma série de coisas ficaram fora desse esteriótipo e com isso a diversidade deixará de existir, a realidade se tornará distorcida.

Quais as formas de lidar com isso

A sexualidade ainda hoje é um tabu e em muitas áreas da sociedade ainda o assunto é muito delicado, considerando questões como inclusão e participação social.

Saber como se posicionar é muito importante, isso também faz com que você possa pensar a construir uma sociedade mais justa, traçar novos objetivos e contribuir para um futuro melhor.

Com o que foi abordado aqui serve apenas como ponta pé inicial sobre o tema, procure saber mais sobre sexualidade e como ele é tão fundamental estar em pauta.

Ficou alguma dúvida? Qualquer coisa é só entrar em contato teremos o prazer em lhe ajudar.

Talvez você possa gostar: Educação sexual ainda é tabu no Brasil e adolescentes sofrem com a falta de informação.

Veja também os benefícios de fazer terapia online com um psicólogo, clique aqui.

0
Pedidos