Transtorno de Personalidade Paranoide: como identificar?

Você é uma pessoa que desconfia de todo mundo? Além disso, acha que tudo que fazem é para o seu mal ou de alguma forma te prejudicar? É importante estar atento aos excessos de algumas desconfianças. Vamos aqui te ajudar a identificar o Transtorno de Personalidade Paranoide.

Veja bem, desconfiar é algo muito normal e até comum nos dias de hoje, realmente não dá para adivinhar quais as intenções do outro, mas tudo que caracteriza o excesso não é bom. 

Essa desconfiança em demasia interfere nas suas relações pessoais, impedindo que a sua vida continue. Sua área de trabalho, familiar, amorosa, enfim, qualquer âmbito da sua vida pode afetar seu rendimento e até qualidade de vida. 

É importante que fique claro que achar que alguém não quer o seu bem é extremamente comum e normal, o problema está justamente na frequência desse achismo. 

Outra coisa que deve ser lembrada ao falar sobre o TPP (Transtorno de Personalidade Paranoide) é que esse transtorno vem acompanhado, geralmente, de outros fatores. Um deles pode ser uma infância traumatizante ou algum outro evento de grande proporção que pode ter mudado a sua vida. 

Alertamos aqui que a qualquer sinal de TPP é importante a visita ao profissional de Psicologia; aliás, não só para esse transtorno. Recomendamos um psicólogo em qualquer situação, e se a questão financeira não for um problema para você, melhor ainda. É importante sempre priorizar a nossa saúde mental! Não confunda nem substitua esse texto com um diagnóstico propriamente dito.

Esse texto não tem de forma alguma diagnosticar os leitores, sendo a única finalidade deste presente artigo tornar o assunto mais viável para discussão em sociedade, com caráter meramente informativo. 

Você pode utilizar as informações aqui discutidas como base de uma possível suspeita, mas a confirmação somente com o profissional, ok? 

Então, vamos conversar e entender um pouco mais sobre o Transtorno de Personalidade Paranoide?

O que é o Transtorno de Personalidade Paranoide? 

Já demos a entender que o Transtorno de Personalidade Paranoide é justamente uma desconfiança em demasia das pessoas, mas profundamente discutindo o TPP é uma suspeição, descrença nas pessoas de forma generalizada, em que os motivos de quem age sempre são negativos. 

A incerteza nas pessoas pode ocorrer das seguintes maneiras: 

– Sua desconfiança não tem nenhuma prova para confirmar essa enganação que você acha que existe; 

– Constantemente você fica com sua cabeça cheia por tantas dúvidas (que também não tem fundamento) acerca das pessoas que te rodeiam; 

– Resiste em relação a guardar segredos ou algo que deveria ser privado para alguém, por achar que aquilo pode ser usado contra você; 

– Vê maldade em coisas que são meramente inofensivas e sem nenhum valor, já acha que algumas atitudes são tomadas para prejudicar alguém, de novo sem justificativa; 

– É muito inflexível rem relação a perdão às pessoas e sempre faz as coisas com má vontade;

Percebe muito fácil alguns ataques a sua pessoa, que geralmente não são tão claros para os outros, mas reage da pior forma possível, com raiva e agressividade; 

– Em um relacionamento amoroso, as dúvidas e desconfianças são recorrentes, de forma a prejudicar o próprio relacionamento.

É importante que você se conheça, ou seja, saiba quais as origens da sua desconfiança. Se você se encaixa em algumas das situações citadas acima e entende o motivo de tê-las, talvez a sua dúvida não se encaixe no Transtorno de Personalidade Paranoide. 

Claro, essa confirmação somente com o profissional de Psicologia. Estamos apenas afirmando que o processo de autoconhecimento é de suma importância para reconhecimento de transtornos em geral, não somente o TPP, mas é peça fundamental nesse processo. 

Como identifico que tenho o TPP? 

Claramente, não é uma situação fácil. Identificar o TPP está entre uma desconfiança moderada e considerada normal, e uma desconfiança muito “exagerada” que se encontra em todos s=os lugares da sua vida. 

Vamos listar algumas formas de identificar que existem indícios do Transtorno de Personalidade Paranoide: 

1) Em todo e qualquer tempo, você se sente vigilante

2) Uma das coisas mais difíceis na sua vida é confiar nas pessoas; 

3) Sempre fica surpreso quando alguém tenta se aproximar de você, e isso vira objeto de questionamento na sua cabeça do porquê aquilo está acontecendo; 

4) Mesmo quando as pessoas ao seu redor (sua família, amigos ou qualquer tipo de relacionamento pessoal) provam que estão ao seu lado e querem seu bem, é muito difícil de acreditar, e isso te afasta deles. 

5) Desconfia qual alguém duvida dos seus atos – mais comuns em relacionamentos amorosos pela necessidade de lealdade; 

6) As pessoas portadoras desse Transtorno tendem a ficar sempre na defensiva, o que interfere diretamente nas relações pessoais;

7) Por desconfiar demais, a atenção costuma ser redobrada, o que intensifica a desconfiança, além de sempre tomar conclusões precipitadas sobre os fatos. 

8) Não tem o costume de compartilhar sentimentos ou até opiniões, muito menos suas fraquezas, pois não quer parecer alguém fácil de ser manipulado; 

9) Emoções são raramente detectáveis, não por não existir, mas pelo fato de que demonstrações emotivas podem passar uma imagem de vulnerabilidade, sendo essa a última coisa que a pessoa com TPP quer; 

Cuidado, essa desconfiança geralmente vai tornar propício um caminho de isolamento social, pois já que você não confia em ninguém, não vai se sentir confortável em se aproximar. 

Em algum momento desse isolamento, a pessoa se sente incapaz de inútil para identificar as mentiras alheias ou a intenção de prejudicar. Sendo assim, nos momentos em que é maltratado ou atacado, tende a ter uma reação hostil ou até pior, justamente por essa fragilização. 

O TPP e os transtornos de personalidade são a mesma coisa? 

É comum confundir os dois, pois nos dois transtornos as pessoas criam barreiras para não serem magoadas e feridas, com uma desconfiança sempre presente. Nos casos de transtorno de personalidade, a pessoa costuma fugir, ao contrário do transtorno de personalidade paranoide, em que o indivíduo fica e se defende da mesma forma que foi atacado. 

Reforçamos o conselho da consulta psicológica, pois ela age de forma preventiva também.

Agradecemos a leitura e esperamos ter ajudado. 

Deixe um comentário

0
Pedidos