Como acabar com a ansiedade?

Existem estados de ansiedade que afetam seriamente a vida cotidiana e a saúde. Aqui você pode descobrir quais formas de ansiedade que existem, e como você pode supera-la.

A ansiedade é um mecanismo de proteção saudável que faz parte da vida de todos. Verificamos automaticamente todas as situações e, em particular, as alterações quanto as ameaças. Essa é a base do nosso instinto de reagir com ataque ou fuga, se houver perigo. 

Gostaria de saber como lidar com a ansiedade? é só clicar Aqui e aprender agora mesmo.

Fala-se de um distúrbio quando o nível normal de medo é excedido e sua qualidade de vida começa a sofrer porque seu medo o controla. Um psicólogo online do Fepo pode ajudar a fazer uma avaliação profissional da sua ansiedade.

Muitas pessoas precisam fazer psicoterapia para superar seu medo, porque sem ajuda, não podem superar. As causas de tais transtornos de ansiedade são diversas. 

Algumas pessoas desenvolvem por causa do estresse e do desgaste, outros sofrem de medos que surgem devido a padrões comportamentais que podem ser aprendidos ou se desenvolveram inconscientemente.

Quais são os sintomas da ansiedade?

Os sintomas típicos de ansiedade incluem reações físicas como:

  • Tremor
  • Sudorese
  • Boca seca
  • Falta de ar, sensação de asfixia
  • Nó na garganta
  • Náusea e vômito
  • Dor de estômago
  • Dor, aperto, pressão no peito
  • Formigamento ou dormência em certos membros
  • Cala frio
  • Coração acelerado, palpitações irregulares
  • Tonturas
  • Sonolência, desmaio
  • Diarreia

Os sintomas físicos são frequentemente acompanhados por sentimento de perda de controle, insegurança ou sentimento de irrealidade. O medo geralmente acompanha o medo de enlouquecer ou morrer.

Como acabar com a ansiedade?

Qualquer pessoa com um transtorno de ansiedade pode aprender a vencer o medo. A psicologia oferece muitos métodos para lidar com diferentes formas de medo e superá-lo. 

No tratamento, o psicólogo identificará o transtorno mental subjacente e iniciará o tratamento. Dependendo do tipo de transtorno de ansiedade, outros médicos também podem estar envolvidos na terapia. Uma combinação de terapia e medicação é frequentemente usada.

  • Respire profundamente

Os psicólogos recomendam: se você estiver ansioso, respire. A respiração diafragmática profunda ajuda a relaxar e, assim, reduzir a ansiedade. O fato é que, estando em um estado tão ativo associado à atividade do sistema nervoso simpático, o corpo entra em um estado de relaxamento e tranquilidade. 

Durante a respiração profunda, a atividade do sistema nervoso parassimpático é ativada.

  • Esteja atento ao seu senso de ansiedade e aceite isso

Lembre-se de que um sentimento de ansiedade é apenas um sentimento, como qualquer outro que uma pessoa experimenta. Percebendo isso, será mais fácil você aceitar sua ansiedade e aceitá-la como algo natural e normal. 

Obviamente, essa aceitação não significa que você tenha que aguentar a vida, onde será constantemente assombrado por uma sensação de ansiedade. Pelo contrário, você simplesmente não precisa se concentrar em sua ansiedade, como em algo extremamente negativo, que precisa corrigir rapidamente. 

Com essa abordagem, qualquer tentativa de parar de se preocupar só exacerba a ansiedade.

Aceitar o seu senso de ansiedade significa perceber que você está ansioso no momento e aceitar a realidade como ela é. Sem estresse psicológico, sem fazer tentativas fúteis de se acalmar.

  • Perceba que o cérebro está brincando com você

Às vezes, o cérebro nos engana e tudo nos parece pior do que realmente é. Por exemplo, uma pessoa que está sofrendo um ataque de pânico acredita estar morrendo de ataque cardíaco.

Assim, às vezes o cérebro brinca conosco, fazendo-nos acreditar que tudo é pior do que realmente é.

  • Controle seus pensamentos

Quando uma pessoa experimenta uma sensação de ansiedade, os pensamentos se tornam confusos e falsos. Imaginamos que algo ruim pode acontecer e a ansiedade está em constante crescimento. Mas muitas vezes o cenário que desenvolvemos para nós é improvável e até irreal. 

Os psicólogos recomendam fazer a si mesmo as seguintes perguntas, se você estiver atormentado por sentimentos de ansiedade em relação a eventos futuros: 

Minha preocupação é razoável? Isso pode realmente acontecer? Se houver problemas, o que exatamente vai me oprimir? Posso sobreviver a isso? O que posso fazer? Se o mal acontecer, qual será minha culpa? De alguma forma, posso me preparar para um resultado negativo?

Sempre que sentir ansiedade, comece a responder a essas perguntas. Você verá que basicamente estamos preocupados em vão.

  • A visualização ajudará

A visualização suave é uma maneira eficaz de superar a ansiedade. Emoções e pensamentos principalmente humanos são ocupados com informações. Pensamos em algo como ruim ou bom, certo ou errado. 

Tudo isso apenas agrava a sensação de ansiedade. Tente pensar de maneira positiva. Visualize e você sentirá como a mente se acalma e os pensamentos se tornam claros.

  • Pare de se criticar

Outra maneira de ajudar a superar o sentimento de ansiedade é usar cartões especiais. No cartão, você escreve: “Observo meus pensamentos, sentimentos, emoções, percepções do mundo exterior para entender a mim mesmo e não criticar”.

É melhor usar vários cartões que você pode colocar perto do espelho, no carro, na cozinha, para que estejam sempre na frente dos seus olhos. Este método certamente trará resultados. Você psicologicamente se prepara para uma percepção positiva, impedindo que pensamentos inquietos dominem sua mente.

  • Comece a pensar positivamente

Ansiedade é uma condição na qual nossa cabeça está cheia de vários pensamentos negativos, e estamos constantemente em intenso diálogo interno conosco. Tente controlar seus pensamentos

Para lidar com atitudes negativas, comece a pensar positivamente. Tais declarações positivas ajudam a relaxar, a se sentir mais confiante e, é claro, a reduzir a ansiedade. 

Use o pensamento positivo toda vez que um sentimento de ansiedade começar a controlar seus pensamentos. Acostume-se a pensar positivamente sob quaisquer circunstâncias, e em breve a qualidade de sua vida mudará visivelmente para melhor.

  • Viva o presente

Como regra, as pessoas estão preocupadas com os próximos eventos, preocupados com o fato de que algo ruim possa acontecer no futuro. Eles nem percebem que realmente moram aqui e agora, e não prestam atenção ao que está acontecendo no momento de suas vidas.

Ouça os conselhos dos psicólogos, pare, respire profundamente e concentre toda a sua atenção no que está acontecendo em sua vida neste exato momento. Mesmo que seja algo sério e desagradável, com foco no momento presente, você pode resolver o problema com rapidez e eficiência e reduzir a ansiedade sobre o futuro.

  • Continue fazendo as coisas habituais

Não deixe que a ansiedade e a distração o distraiam das coisas que você faria se, se sentisse melhor. Não há nada pior do que deixar de lado seus assuntos e render-se a pensamentos de quão ruim você é. Você precisa viver sua vida habitual ainda mais. 

Não mude seus planos, decidindo ficar em casa e pensar em sua vida. Isso agravará ainda mais seu senso de ansiedade.

Os psicólogos aconselham a aderir ao ritmo usual da vida, ou a fazer algo interessante, que traga prazer e faça com que você fique um pouco distraído. Siga este conselho e você verá a rapidez com que se recuperará!

Precisando de alguma outra orientação? Entre em contato, temos os melhores psicólogos para te ajudar

2 comentários em “Como acabar com a ansiedade?”

Deixe um comentário

0
Pedidos