Psicólogo: entenda o que esse profissional faz

Cada vez mais procurado, o psicólogo é um profissional que atua no tratamento da saúde mental das pessoas. Embora a psicologia tenha evoluído bastante e mais pessoas já conheçam a função de um psicólogo, ainda há dúvidas sobre o que esse profissional faz.
A rotina, as atividades, as áreas de atuação e o dia a dia do psicólogo despertam a curiosidade de muitas pessoas. Por isso, a Fepo reuniu as principais informações sobre o que um psicólogo faz, para que você possa compreender melhor o papel desse profissional na saúde mental. Confira a seguir tudo que você precisa saber!

Psicólogo: o que é?

O psicólogo é um profissional que auxilia na saúde mental das pessoas através do entendimento dos comportamentos e das funções mentais de cada indivíduo. É a pessoa com a qualificação adequada para compreender diversos aspectos psicológicos e atuar em diferentes áreas dentro da psicologia. Dentre as suas diversas funções estão: analisar, diagnosticar, prevenir e tratar doenças mentais, distúrbios emocionais e transtornos de personalidade.

É importante esclarecer que a psicologia é uma ciência que estuda e analisa aspectos como comportamento, processos e funções mentais das pessoas com o intuito de compreender suas motivações, traumas, medos, entre outros sentimentos que afetam a mente.

A partir deste conceito, o psicólogo pode atuar em diferentes áreas auxiliando na saúde mental que vão além do atendimento em consultório. Esse profissional pode auxiliar no ambiente educacional, organizacional, esportivo, jurídico, entre tantas outras áreas.

Formação profissional do psicólogo

Para exercer suas funções, o psicólogo precisa ser formado em Psicologia em uma escola de ensino superior reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação). Após a formação, o psicólogo deve registrar-se no Conselho Regional de Psicologia (CRP) para poder atuar de forma oficial.

O curso de psicologia é oferecido pela maioria das universidades particulares e públicas do país. Ele tem duração de 5 anos e possibilita obter o título de bacharel. Por ser uma área da saúde, o curso de psicologia só pode ser realizado de forma presencial e exige que o aluno realize estágio supervisionado na área ou elabore um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para conseguir a sua formação.

Neste curso, o profissional estuda diversos conceitos, estudos, abordagens e formas de auxiliar na saúde mental do paciente. Dentre os assuntos abordados neste curso estão: psicanálise, ética, avaliação psicológica, psicologia behaviorista, neuropsicologia, psicopatologia, entre outros.

Ainda sobre a formação acadêmica desse profissional, é importante lembrar que a formação em psicologia compõe o requisito obrigatório para atuar na área, mas muitos profissionais escolhem fazer especializações dentro da psicologia, tais como: a psicologia social, psicologia infantil, psicopedagogia e outras.

Afinal, o que um psicólogo faz?

As atividades, funções e atribuições do psicólogo variam de acordo com a área de atuação. Pode não parecer, mas as tarefas do dia a dia podem ser bastante diversas entre os profissionais que atuam nas mais variadas áreas da psicologia. Por isso, trouxemos nos próximos tópicos algumas das atribuições do psicólogo em suas diferentes formas de atuação.

Psicologia Clínica

A psicologia clínica é a mais conhecida forma de atuação do psicólogo dentro da psicologia. É o modelo mais tradicional, onde o profissional realiza o atendimento no consultório e na modalidade online. A principal atividade do psicólogo nesse atendimento é auxiliar na saúde mental do indivíduo que pode ter algum tipo de transtorno ou patologia, assim como pode estar em busca de autoconhecimento.

Dentro da psicoterapia existem diversas abordagens ou linhas teóricas que foram descobertas e propostas por vários estudiosos, como a psicanálise de Sigmund Freud, a psicologia analítica de Carl Gustav Jung, terapia cognitivo-comportamental de Aaron Beck, entre outras. Portanto, o psicólogo pode ainda utilizar a linha teórica que preferir em seus atendimentos, desde que seja reconhecida pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP).

Clique no banner para conhecer e agendar sua consulta na Fepo:

Psicólogo: entenda o que esse profissional faz

Psicologia Hospitalar

O psicólogo que atua na psicologia hospitalar faz isso com um complemento no tratamento da saúde mental e física dos pacientes, atuando em conjunto com médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas e assistentes sociais. Além desse papel muito importante, o profissional ainda tem a responsabilidade de auxiliar na saúde mental dos familiares dos pacientes em tratamento.

Sendo assim, a principal atividade do psicólogo na psicologia hospitalar é dar assistência psicológica para o paciente e para seus familiares em situações onde a saúde mental fica comprometida, como em casos de doenças crônicas, estado terminal, pré e pós-operatório e outras situações difíceis.

Esse profissional também pode auxiliar a equipe médica a superar desafios e a vencer a pressão no ambiente hospitalar. Por isso, o psicólogo é encontrado principalmente nas enfermarias, UTIs, prontos-socorros e centros cirúrgicos dos hospitais.

Psicologia Escolar/Educacional

Outra área de atuação do psicólogo é no ambiente educacional, onde ele pode auxiliar os estudantes na melhoria do desempenho escolar. A psicologia escolar ou educacional é uma área de atuação onde o profissional trabalha em conjunto aos professores, treinadores, diretores e aos pais dos alunos.

O profissional pode atuar na educação infantil, no ensino fundamental, médio e também no ensino superior, sendo seu principal papel oferecer suporte ao estudante para que ele possa ter um desempenho cada vez melhor.

Dessa forma, o psicólogo realiza atividades como a utilização de programas educacionais, aplica testes de concentração, memória e atenção e investiga todos os fatores que podem estar influenciando no desempenho escolar do estudante, como um transtorno, uma patologia, uma dificuldade de socialização ou até mesmo conflitos familiares.

Psicologia Organizacional e do Trabalho

A psicologia organizacional e do trabalho é outra área de atuação onde o psicólogo pode auxiliar com seu conhecimento. No ambiente empresarial, esse profissional pode realizar o atendimento psicológico para os colaboradores e gestores da empresa, com o objetivo de garantir o bem-estar da equipe para que o clima e a cultura organizacional estejam em equilíbrio, contribuindo com a saúde mental de todos.

Essa é uma área da psicologia com demanda crescente. Nos últimos anos, os gestores de empresas passaram a se preocupar mais com a saúde dos colaboradores. Além disso, problemas como depressão, ansiedade, estresse e Síndrome de Burnout se tornaram ainda mais frequentes no ambiente de trabalho e já estão entre os principais motivos de afastamento do trabalho.

A atuação do psicólogo nessa área ocorre desde o momento da contratação do funcionário, através da realização de testes psicológicos e avaliação mental, até o momento da demissão, onde é preciso oferecer suporte psicológico para o colaborador que enfrentará a quebra do contrato de trabalho.

Psicologia de Trânsito

Menos conhecida que a maioria das outras áreas de atuação, a psicologia do trânsito possui a mesma importância e tem crescido ao redor do mundo todo. Isso porque as cidades estão crescendo muito e esse ambiente está se tornando cada vez mais caótico e estressante. Tudo isso tem contribuído para as condutas inadequadas no trânsito e para o aumento de acidentes.

A função do psicólogo nessa área é avaliar as pessoas que pretendem tirar a habilitação através de testes psicológicos, conhecidos como exame psicotécnico, com o objetivo de identificar padrões de comportamento que possam oferecer risco para a segurança de todos. Além disso, ele também avalia o estado psicológico dos condutores já habilitados no momento de renovação da habilitação.

O psicólogo que atua na psicologia do trânsito também pode criar políticas que auxiliem no dia a dia dos condutores, com o objetivo de prevenir acidentes e problemas de trânsito. Outra forma de atuação é auxiliar os motoristas que foram punidos ou multados a restabelecer suas ações no trânsito.

Psicologia Jurídica

A psicologia jurídica está entre as áreas de atuação do psicólogo que apresenta mais desafios. Nesta área, o profissional tem o papel de estudar diversos fenômenos e identificar aspectos da saúde mental que possam favorecer a criminalidade e as infrações à lei.

Dessa forma, o psicólogo pode atuar oferecendo auxílio técnico para os demais profissionais de Justiça, como policiais, advogados e juízes. A sua principal função é elaborar laudos e depoimentos que poderão ser utilizados em julgamentos.

Dentro do Direito, há diversos pontos que devem ser considerados em um julgamento, incluindo a situação psicológica do cidadão que está sendo julgado. É nessa questão que a psicologia jurídica atua. Seu papel é garantir que o cidadão tenha seu ponto de vista psicológico considerado em seu julgamento.

Na área jurídica, o psicólogo ainda pode atuar em outras subáreas, tais como: psicopatologia trabalhista, psicologia civil, psicologia judiciária, psicologia e direitos humanos, psicologia da família e psicologia criminal.

Psicologia do Esporte

Outra área de atuação do psicólogo que não é tão conhecida é a psicologia esportiva ou psicologia do esporte. Mesmo assim, ela tem crescido com o passar dos anos e se tornado ainda mais relevante no mundo todo. Um exemplo disso é o apoio psicológico oferecido na Copa do Mundo de 2014 e 2018, quando a Seleção Brasileira precisou de suporte psicológico para enfrentar a forte pressão para passar pelo campeonato.

Esse tipo de atuação tem sido cada vez mais requisitada em campeonatos, eventos esportivos e por times de diversas modalidades de esportes, onde há a necessidade de auxiliar com motivação e amparo psicológico a todos os atletas. Além disso, o psicólogo pode atuar também diretamente com o atleta, oferecendo preparação psicológica para conseguir um melhor desempenho e se preparar para competições.

Portanto, a atuação do psicólogo na área esportiva é oferecer amparo psicológico para aos do esporte com a finalidade de prepará-los para os desafios, mantê-los tranquilos e motivados a conseguir um melhor desempenho.

Psicopedagogia

Psicólogo: entenda o que esse profissional faz

A psicopedagogia é uma área bastante conhecida dentro da psicologia. Ela abrange todas as dificuldades de aprendizagem, desde a compreensão dos fatores fisiológicos até as questões emocionais que possam impactar o baixo nível de aprendizagem.

O psicólogo que atua nessa área tem o papel de identificar os fatores que possam estar comprometendo a aprendizagem do indivíduo. É mais comum o auxílio para crianças e adolescentes em fase escolar, sendo esse o momento em que os professores e pais conseguem perceber essa dificuldade em aprender.

Além disso, o profissional também auxilia com o tratamento adequado para tentar resolver essa dificuldade de aprendizagem. Dentre as abordagens que podem ser propostas estão a psicoterapia e a utilização de ferramentas alternativas para o aprendizado.

Os principais sintomas que chamam a atenção para esse problema são: desorganização excessiva, baixo desempenho escolar, dificuldade em ter hábitos de estudo, baixo nível de aprendizagem de leitura, escrita e articulação das palavras e incapacidade de construir sílabas, palavras e fonemas.

Quando os sintomas são identificados, o psicólogo passa a agir com a análise de cada caso e com a resolução desta dificuldade por meio do tratamento mais adequado.

Psicomotricidade

A psicomotricidade é uma área de especialização dedicada a profissionais da saúde e da educação. Nela, o psicólogo pode atuar com o diagnóstico e com a reabilitação de indivíduos que apresentam distúrbios psicomotores em diferentes fases da vida. Além disso, ele também pode auxiliar em políticas de prevenção a esse problema.

Dentro da psicomotricidade, o profissional tem a função de avaliar as funções motoras, os distúrbios emocionais e os transtornos mentais que podem refletir na coordenação física. A principal abordagem do psicólogo dessa área é considerar o indivíduo como um todo, relacionando o corpo e a mente. Por isso, é mais comum a utilização de linhas teóricas como a psicanálise, a psicologia corporal (reichiana) e a Gestalt-terapia.

O principal objetivo é trazer alívio para o paciente que possui distúrbios psicomotores, diminuindo suas dificuldades físicas, melhorando sua saúde mental e até promovendo uma relação de harmonia com o corpo.

Psicologia Social

Outra área de atuação do psicólogo que possui grande importância é a de psicologia social. Ela consiste em auxiliar indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade a lidar com a saúde mental dentro do seu meio de convívio. É uma área de atuação com diversos desafios e que contribui enormemente para a sociedade.

O psicólogo que atua nessa área tem o papel de auxiliar pessoas de baixa renda, idosos, gestantes, crianças, mulheres, usuários de drogas, vítimas de violência doméstica, entre outros indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade e que possuem uma maior dificuldade em ter amparo psicológico.

A atuação desse profissional nesse meio pode ser considerada até mesmo altruísta, já que a maioria dos psicólogos que atuam nessa área tem como objetivo auxiliar no convívio social, promover o acesso à saúde mental para todos e ajudar grupos de pessoas que normalmente são marginalizados.

Neuropsicologia

Por fim, a neuropsicologia também está entre as principais áreas de atuação do psicólogo. Nesse caso, o foco é compreender a relação entre o comportamento humano e o cérebro. O profissional especializado em neuropsicologia pode avaliar e diagnosticar um indivíduo com base em suas habilidades e problemas pontuais que foram identificados, por exemplo, funções motoras, memória, afeto, atenção, abstração, percepção e raciocínio.

Essa é uma área de atuação com muitas conexões, que pode auxiliar inclusive em outras profissões e disciplinas, sendo um complemento multidisciplinar.

O psicólogo que atua nessa área pode ajudar na recuperação e reabilitação de pacientes que sofreram lesões traumáticas ou passaram por acidentes. Ele pode auxiliar também em questões como comportamento, personalidade, cognição e funcionamento cerebral. Há uma gama muito grande de formas de atuar dentro da neuropsicologia, que vai desde o auxílio ao paciente até o desenvolvimento de pesquisas, por exemplo.

Como é o mercado de trabalho para o profissional da psicologia?

O mercado de trabalho para o profissional da psicologia tem crescido muito nos últimos anos. Além de todas as opções possíveis para atuar na área, como as que mencionamos acima, o psicólogo ainda encontra oportunidades para atuar de forma online.

Atualmente, o profissional de psicologia tem a possibilidade de trabalhar com atendimento em consultórios, hospitais, clínicas, organizações públicas e privadas, escolas e universidades, campeonatos, entre outros lugares.

A ampliação do mercado de trabalho para o psicólogo ocorre em conjunto à necessidade cada vez maior de amparo psicológico na sociedade. Todos os anos, as pesquisas sobre saúde mental revelam estatísticas preocupantes, como é o caso da estimativa de que mais de 300 milhões de pessoas no mundo sofram com depressão ou de que aproximadamente 800 mil pessoas se suicidam a cada ano, segundo dados da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Além da depressão, da ansiedade e do estresse, outros problemas têm apresentado mais casos nos últimos anos, como a Síndrome de Burnout, motivada pela vida agitada que muitas pessoas levam.

Como se não bastasse, a pandemia de Covid-19 também fez com que essa demanda ficasse ainda maior. E, por isso, o grande aumento da procura por terapia online. Aliás, essa é uma forma de atuação do profissional de psicologia que tende a continuar crescendo muito nos próximos anos.

E a remuneração: quanto ganha um psicólogo?

A remuneração de um psicólogo depende da área de atuação, sendo que algumas áreas remuneram mais do que outras. Além disso, é importante considerar a especialização do profissional e sua experiência no mercado.

Como exemplo de remuneração, podemos citar o valor médio cobrado por um atendimento clínico, que é de R$150,00. Essa é a média praticada pela maioria dos profissionais por uma consulta que dura em torno de 1 hora.

Aqui na Fepo, os atendimentos psicológicos prestados por nossos psicólogos possuem valores mais acessíveis. As consultas variam de R$38,00 a R$70,00 para os atendimentos de online.

Já a média salarial de um psicólogo clínico no Brasil fica entre R$2.700,00 a R$6.200,00, aproximadamente.

Características de um bom psicólogo

Mais do que ter uma formação acadêmica, um bom psicólogo precisa ter certas características para atuar nessa área. As principais aptidões necessárias a um bom profissional de
psicologia são:

– ter iniciativa e ser empático com os pacientes que precisam de ajuda psicológica;
– saber lidar com pessoas em diferentes situações, como traumas e limitações, por exemplo;
– ter capacidade reflexiva e crítica para diagnosticar e propor um tratamento;
– ser comunicativo para que o paciente consiga se comunicar;
– ter resiliência para lidar com os conflitos e problemas de seus pacientes;
– ser curioso e investigativo;
– ter uma boa análise e interpretação de texto;
– ser paciente para lidar com situações que precisam ser tratadas com mais tempo;
– gostar de ler para manter-se atualizado e aprender mais sobre a psique humana.

Essas são algumas características que destacam um bom profissional. Mas não é necessário que o profissional tenha todas elas para realizar o seu trabalho com qualidade e comprometimento.

Como encontrar um psicólogo?

Hoje em dia, é muito mais fácil conseguir atendimento psicológico, já que há tantos profissionais de psicologia no mercado que atendem de diferentes formas. Para quem busca atendimento presencial, há a possibilidade de procurar por psicólogos na rede privada e também na rede pública.

Caso você tenha um plano de saúde, você pode se informar com a operadora sobre quais são os psicólogos, hospitais ou clínicas que oferecem esse tipo de atendimento dentro do seu convênio.

E para quem deseja realizar o atendimento através do Sistema Único de Saúde (SUS), é preciso realizar uma consulta em uma unidade de saúde para ser encaminhado ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

Outra forma de encontrar um bom psicólogo e realizar o atendimento de forma muito mais cômoda é por meio da terapia online. Essa modalidade que cresceu muito nos últimos anos por conta da pandemia oferece inúmeros benefícios, como conforto, comodidade, praticidade, segurança e flexibilidade.

Psicólogo: entenda o que esse profissional faz

Não restam dúvidas de que a psicoterapia online é benéfica para todas as pessoas, pois pode ser realizada de forma muito mais simples e possibilita ter os mesmos resultados do atendimento presencial, como: autoconhecimento, tratamento de transtornos e distúrbios mentais, aumento da autoestima e melhorias na saúde emocional.

A Fepo é uma plataforma que conecta você aos psicólogos habilitados e qualificados para realizar a psicoterapia online. Além de todas as vantagens que a terapia oferece, aqui você encontra preços acessíveis para realizar o seu atendimento com mais tranquilidade e facilidade.

Essa é uma forma que nós encontramos para facilitar o acesso aos serviços de saúde emocional para todas as pessoas, sem deixar de lado a ética profissional e todas as recomendações do Conselho Federal de Psicologia.

Conheça mais sobre os benefícios da terapia online aqui na Fepo e veja outros conteúdos como esse no blog.